FAQ

Se você possui dúvidas ou busca mais informações sobre as especialidades ou serviços que a CliniFisio oferece para sua saúde ou bem-estar, disponibilizamos uma relação de perguntas frequentes para tentar lhe ajudar. Clique sobre as perguntas para exibir as respostas.

O que é Fisioterapia?

Ela estuda, diagnostica, previne e trata os distúrbios, entre outros, da biomecânica e funcionalidade humana decorrentes de alterações de órgãos e sistemas.

A fisioterapia atua nas mais diferentes áreas com procedimentos, técnicas, metodologias e abordagens específicas que tem o objetivo de avaliar, tratar, minimizar problemas, prevenir e curar as mais variadas disfunções.

Atua na prevenção, cura ou reabilitação da capacidade física das pessoas, em qualquer idade.

Outra preocupação sempre presente no dia-a-dia desse profissional é a busca pela qualidade de vida.

Fisioterapia visa a melhora do paciente como um todo, são utilizados aparelhos, exercícios e manobras específicas para um condicionamento melhor do corpo, diminuindo assim os processos inflamatórios e as dores localizadas.

Quando devemos buscar um Fisioterapeuta?

Pensar em fisioterapia, para muitas pessoas é sinônimo de algum acidente ou contusão sofrida por alguém, mas a fisioterapia vai além disso, porque ela pode resolver problemas ortopédicos e até mesmo complicações respiratórias.

Dessa forma, cada vez mais é preciso que sejam encontrados matérias e textos falando sobre esse assunto para explicar a população que a fisioterapia não é apenas indicada para quadros acidentais, como quando um jogador de futebol sofre algum tipo de contusão, por exemplo, mas também pode ser uma grande aliada no tratamento de diversos tipos de demais complicações.

Confira abaixo uma lista dos mais variados tipos de causas que podem ser solucionados com as sessões de fisioterapia:

  • Problemas ortopédicos
  • Tratamentos de pacientes internados em estado grave
  • Pessoas que tiveram os movimentos comprometidos por acidente vascular cerebral
  • Distúrbios de quadros respiratórios crônicos
  • Contusões
  • Má postura
  • Gestantes
  • Portadores de deficiência física e mental

O que é Osteopatia

Osteopatia é um sistema autônomo de cuidados de saúde primário, que se baseia no diagnóstico diferencial, bem como no tratamento de várias disfunções e prevenção da saúde, sem o auxílio de fármacos ou cirurgia. A Osteopatia enfatiza a sua ação centrada no paciente, ao invés do sistema convencional centrado na doença. A profissão de Osteopata é uma profissão de saúde distinta, com uma formação acadêmica superior e treinos clínicos específicos. A Osteopatia utiliza várias técnicas terapêuticas manuais entre elas a da manipulação do sistema musculoesquelético (ossos, músculos e, articulações) para ajudar no tratamento de doenças.

A Osteopatia é indicada para quais tipos de tratamentos?

A osteopatia tem indicação para tratamento\prevenção de inúmeras patologias. As mais comuns são:

– Dores na coluna vertebral (Lombalgia \ Cervicalgia\ Ciatalgia \ Hérnia de disco…)

– Dores nas articulações (Tendinites \ Artroses \ Entorses)

– Dores musculares \ Disfunções posturais

– Dores de cabeça

– Distúrbios do sistema gástrico e uroginecológico

– Disfunções do recém-nascido (refluxo \ irritabilidade \ choro freqüente)

Quais os Benefícios da Acupuntura?

A acupuntura é uma técnica milenar desenvolvida pelos chineses, onde através da inserção da agulha no canal de energia (Meridianos), o corpo sofre estímulos que trarão o equilíbrio e harmonia do corpo.

Suas vantagens vão desde a cura permanente até a diminuição do uso de medicamentos, a rapidez dos resultados e ausência de efeitos colaterais.

Durante a inserção da agulha de acupuntura em um ponto local na área dolorida, o estímulo libera impulsos que sai do acuponto para a medula espinhal para ativar os neurônios espinhais e secretar substâncias para inibir as mensagens de dor. Em seguida, os estímulos produzidos pela agulha são retransmitidos através de células para o mesencéfalo e para a pituitária (regiões do cérebro).

O mesencéfalo usa a encefalina (neurotransmissor) para ativar o sistema descendente de inibição da dor. O sistema de inibição da dor secreta neurotrasmissores como: monoaminas, serotonina e norepinefrina para inibir a transmição de dor. Esses neurotransmissores liberados geram vários efeitos, tais como: analgésico, relaxante muscular, antiinflamatório, ansiolítico e antidepressivo leves.

Condições dolorosas crônicas do sistema locomotor acompanhadas de restrições de movimentos articulares são frequentemente tratáveis com acupuntura se a intervenção cirúrgica não se fizer necessária.

A Acupuntura não apenas alivia a dor, mas também reduz o espasmo muscular promovendo aumento na movimentação. Isso demonstra a boa eficácia da Acupuntura no tratamento de dores musculares, dores na coluna e nas articulações.

O que é o Pilates?

Pilates é uma técnica que trabalha a mente e o corpo, em conjunto, e possui como princípios básicos: concentração, controle, centralização, precisão e respiração. Esses aspectos são responsáveis pela harmonização do organismo durante a prática.

Objetivos do Método

Os exercícios do Método Pilates se centram em fortalecimento do organismo como um todo e utiliza a força dos músculos do core como alavanca para ter a força necessária, a fim de realizar os exercícios. Os músculos do core são aqueles que nos trazem maior equilíbrio e estabilidade. Como pode-se imaginar, eles são extremamente importantes e são, ao todo, 29 pares de músculos. Os principais grupos musculares são os abdominais (oblíquos, superiores e e inferiores), lombares (principalmente o quadrado lombar) e os glúteos. Esses músculos estabilizam e sustentam a bacia, a pélvis e a coluna, em especial, a região lombar e torácica inferior.

Como os exercícios são realizados

O Pilates é, sem dúvidas, uma das modalidades de exercícios mais ecléticas que podem existir, pois, pessoas de qualquer idade, sexo e mesmo aquelas que sofrem de patologias articulares, musculares ou ósseas, não só podem como devem, praticar esse método. Até mesmo os mais sedentários podem iniciar os treinos sem nenhum receio. Os exercícios de Pilates são realizados com redução de impacto e poucas repetições evitando assim, o desgaste das articulações. O controle da respiração durante o exercício é primordial, pois, irá ajudá-lo na execução do mesmo.
É importante destacar que não existem exercícios padronizados ou mesmo grupos deles. Cada indivíduo precisa ser avaliado por um profissional para que as suas limitações e necessidades sejam determinadas. O tipo de exercício escolhido, a quantidade de séries e repetições e a carga imposta serão escolhidos por alguém capacitado para tanto. Essa especificidade direcionada para cada indivíduo foi ensinada pelo próprio Pilates que chegava a alterar radicalmente os exercícios visando as necessidades do indivíduo.

Os benefícios encontrados no Pilates

O Método Pilates ficou bastante famoso devido aos grandes benefícios que consegue levar para o organismo, desde físico até psíquico. Ele é capaz de combater o estresse, a ansiedade e até mesmo, elevar a autoestima. Veja outros benefícios encontrados nos exercícios:

  • É ideal para pessoas que sofrem com dores nas costas. O Pilates consegue realizar uma reeducação postural e trabalhar as áreas mais afetadas, amenizando e eliminando os problemas que causam a dor na coluna;
  • Fortalece músculos de maneira global e, consequentemente, aumenta a força dos ossos através da tração exercida pelos tendões evitando fraturas provocadas pela osteoporose e por quedas;
  • Ajuda a controlar a respiração, fortalecendo o diafragma, principal músculo respiratório, evitando pressões internas provocadas pela inspiração e expiração em momentos errados do exercício;
  • É possível sentir a melhora da coordenação motora, muito interessante para indivíduos de idade mais avança que possuem maior propensão à quedas;
  • Aumenta a mobilidade e flexibilidade dos movimentos do corpo reduzindo dores musculares e prevenindo lesões, o que é bastante interessante para atletas.É importante salientar que qualquer pessoa, crianças, gestantes, adultos, idosos ou indivíduos que sofrem de patologias e, por conta disso, possuem a sua mobilidade reduzida, podem experimentar o Pilates. No caso de gestantes e pessoas que sofrem de doenças articulares, ósseas ou musculares devem procurar o seu médico para obter a liberação do mesmo para os exercícios. É importante também procurar um profissional que esteja gabaritado para aplicar o método.

O que é Artrite?

Artrite é um termo genérico que significa inflamação das articulações. Existem dezenas de tipos de artrite, sendo a artrose, também conhecida como osteoartrite ou osteoartrose, a forma mais comum.

O local onde dois ossos se encontram é habitualmente coberto com um material borrachoso e lubrificado chamado de cartilagem. A cartilagem permite que os ossos deslizem um sobre o outro com mínimo atrito, sendo, portanto, uma espécie de amortecedor.

A artrose é a doença causada pelo desgaste desta cartilagem, o que provoca aumento da fricção entre os ossos e leva à inflamação local (artrite), dor e incapacidade funcional.

O que é Bursite?

Bursite é a inflamação da bolsa sinovial, uma estrutura cheia de líquido que se localiza entre um tendão e a pele ou entre um tendão e o osso, com função de amortecimento, e auxílio no deslizamento dos tecidos e sua nutrição. A doença pode ser aguda ou crônica. A ocorrência de bursite é mais comum nos ombros, cotovelos e quadril. Mas ela também pode ocorrer nos joelhos, calcanhares e no dedão do pé, além de outras articulações. Em geral, bursite ocorre perto das articulações que realizam movimentos repetitivos.