Osteopatia

O tratamento se baseia num detalhado exame clínico, um aprofundado diagnóstico e um tratamento direcionado e suave sobre as estruturas em “disfunção”.É uma ciência terapêutica que avalia e trata as disfunções biomecânicas. Por meio de uma avaliação da estrutura corporal (músculos, ossos, órgãos, vísceras e vasos) o fisioterapeuta osteopata detecta uma desordem da mecânica de um ou mais elementos anatômicos e por tratamento manual, restabelece a mobilidade adequada a região, permitindo ao organismo seu equilíbrio natural, uma vez que o corpo possui uma capacidade de cura quando equilibrado funcionalmente.

fotos-osteopatia

Osteopatia no recém-nascido e lactentes

Tem como objetivo tratar as assimetrias cranianas geradas pelo posicionamento do bebê no útero ou por deixá-lo sempre na mesma posição, como também torcicolo congênito, refluxo gastro esofágico e cólicas intestinais.

Com a osteopatia, melhora-se o funcionamento do estômago e intestino o que ira proporcionar um melhor conforto para a criança.

Pacientes que apresentam dificuldade no ganho de peso, podem apresentar o que chamamos de refluxo oculto, onde o vômito é raro.

As técnicas consistem em manipulações suaves no crânio e nas vísceras, onde acontecerá a normalização das funções e sistemas.

fotos-osteopatia-recem-nascido